Siamês


O gato siamês é uma raça proveniente do antigo reino do Sião, atualmente Tailândia. Em séculos passados, estes gatos tinham um papel importante nos funerais dos reis tailandeses. Nos funerais, eram colocados dentro do túmulo do monarca. E quanto o gato saía por um buraco feito para esse fim, dizia-se que a alma do monarca entrou no gato. Posteriormente, este era levado para a cerimónia de coroação do novo rei, para que o rei anterior pudesse presenciar a possessão do seu sucessor.

Estes gatos não chegaram à Europa antes dos finais do século XIX. Em 1880 chegou o primeiro exemplar desta raça a Inglaterra. Quase 10 anos depois chegou aos Estados Unidos o primeiro exemplar da raça.

Gato de porte elegante, o siamês é de tamanho médio. O seu corpo, alongado e esbelto, apresenta uma estrutura óssea fina e uma musculatura firme. A sua cabeça triangular e de contornos suaves e elegantes, apresenta um nariz longo e reto, uns olhos amendoados e oblíquos e umas grandes orelhas, pontiagudas e separadas. A sua cauda, longa, apresenta um pêlo curto e fino.

Siamês Fotos do Siamês

O pêlo desta raça é curto. As manchas mais escuras são caraterística na zona da cara, em relação ao resto do corpo, orelhas e patas tanto dianteiras como traseiras. Existem várias variedades: Carey Point, Blue Point, Seal Point e Tabby Point. Estes gatos mudam de pêlo o ano inteiro, pelo que é recomendado que sejam escovados regularmente para evitar problemas intestinais no animal.

Os gatos siameses são gatos muito carinhosos e inteligentes. Têm uma personalidade forte, pelo que gostam de sentir-se parte da família. Mas também demonstrarão o seu carinho com brincadeiras e jogos. Ainda que é um gato carinhoso, pode tornar-se algo agressivo com outras raças de gatos. Já vimos que são gatos com uma grande personalidade. Precisam de contato com os seus donos e não toleram bem a solidão, pelo que não é uma raça recomendável para pessoas que não passam muito tempo em casa.


Condições de uso